Tomate Seco: propriedades, benefícios e receitas

29/5/18 por Eliane Oliveira – http://www.greenme.com.br

Neste artigo explicaremos sobre o que é tomate seco, o processo de secagem, quais os benefícios, os contras, os valores nutricionais, dicas e ideias para consumo. Confira!

tomate-seco

Quem gosta de tomates, se beneficia naturalmente com as propriedades nutricionais deste vegetal (que na verdade é uma fruta… rs), mas que tal potencializar esses benefícios consumindo sua versão seca? Especialistas apontam que o tomate seco concentra muito mais nutrientes, vitaminas e minerais que são essenciais para a saúde da pele, dos olhos e da próstata.

  1. O que é tomate seco?

O tomate seco nada mais é do que o próprio tomate fresco desidratado, concentrando mais o sabor, as vitaminas e os nutrientes. Ele é bastante utilizado para dar aquele saborzinho e o aroma característico de tomate em diversas receitas como risotos, molhos e pizzas.

É possível comprá-lo em muitos armazéns, mercados e mercearias, em versões com ou sem óleo, mas o melhor de tudo é que também podemos preparar em casa através do processo de secagem.

  1. O processo de secagem

O processo de secagem dos tomates pode ser realizado tanto no Sol, quanto no forno. A diferença é que ao secá-lo ao Sol, a circulação de ar se dará de forma mais uniforme, porém mais demorada, correndo ainda o risco de contaminação por moscas ou outros tipos de sujeiras. Já no forno, é necessário virá-los algumas vezes para secá-los por completo, mas em compensação ficam prontos mais rapidamente.

  1. Benefícios

O tomate seco é rico em nutrientes fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo. Alguns nutricionistas afirmam que o tomate seco concentra bem mais nutrientes e vitaminas do que o tomate fresco. Dentre eles destacam-se:

O dobro de vitamina A que ajuda a preservar a saúde dos olhos e da pele;

O triplo de licopeno, um poderoso antioxidante que combate os radicais livres e evita o envelhecimento precoce;

Seis vezes mais potássio, que ajuda a prevenir a hipertensão, doenças cardíacas, derrames e distúrbios digestivos;

Sete vezes mais magnésio.

Outras vitaminas e minerais são citados em sua composição, como por exemplo: vitaminas B, C, E, ácido fólico, zinco e fósforo.

Quanto mais vermelho o tomate, mais licopeno ele tem e este nutriente também é conhecido por ajudar a prevenir outras doenças como Alzheimer, Parkinson e câncer de próstata, pulmão e estômago. O licopeno também ajuda a evitar o envelhecimento precoce e a combater a celulite.

Para garantir que seu consumo de tomate seco seja ainda mais saudável, recomenda-se optar pela versão sem óleo, pois além de proporcionar todos os benefícios citados, possui menos calorias, contribuindo também para a manutenção da silhueta.

  1. Seco ou fresco? Os contras do tomate seco

Conforme dito anteriormente, a vantagem do tomate seco com relação ao fresco é que o primeiro concentra bem mais nutrientes do que o segundo.

tomate-seco-2

Mas o óleo usado para a conserva do tomate seco (que é a forma mais comumente encontrada para comprar tomate seco no supermercado), embora calórico, facilita a absorção do licopeno no organismo, aumentando sua ação antioxidante. Porém, por causa de suas calorias o consumo de tomate seco conservado em óleo deve ser moderado por aqueles que têm problemas de excesso de peso e, além da gordura, recomenda-se também restringir o consumo de tomate seco a poucas unidades devido à quantidade de sódio nele contida pois, no processo de desidratação são utilizados alguns condimentos, como o sal, que fazem com que o tomate seco fique ainda mais saboroso, porém perigoso para os hipertensos.

Considere também o uso de conservantes no tomate seco e a qualidade do óleo usado para a conserva, mas saiba que existe a versão sem óleo, ou seja, simplesmente o tomate seco desidratado sem tempero e sem óleo. Este tipo de tomate seco pode ser encontrado na internet e às vezes à granel em feiras ou em lojas de produtos naturais.

Com o tomate seco sem óleo, você deve primeiramente passá-lo por uma água fervente para ele amolecer e depois pode temperá-lo a gosto com o óleo de sua preferência e com os temperos que mais gostar (orégano, manjerona, pimenta-do-reino, etc.).

  1. Valores nutricionais

Além de licopeno, vitaminas A, B, C, E, magnésio, potássio, ácido fólico, fósforo e zinco, de acordo com esta tabela de valores nutricionais, o tomate seco possui outros nutrientes, vitaminas e minerais.

Fizemos uma pesquisa considerando uma porção de 100 gramas, onde consta que essa quantidade de tomate seco fornece 258 calorias, 3 gramas de gordura, 55,8 gramas de carboidrato e 14,1 gramas de proteína.

A tabela completa é dividida em três categorias, das quais destacamos as principais informações.

Confira o resto do artigo no seguinte link:  https://www.greenme.com.br/receitas-saudaveis/6686-tomate-seco-propridades-beneficios-receitas?acm=9985_173&utm_source=newsletter_173&utm_medium=email&utm_campaign=receitas-animais-criancas-e-muito-mais-o-melhor-da-semana-pra-voce

 

 

Autor: Seu Prato Saudável

Um blog sobre alimentação, equilibrio e bem viver! Aqui você vai encontrar nossa experiência pessoal com receitas, lugares onde comer de forma saudável, novidades e guias de alimentação escritos por especialistas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s